sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Que poder temos para vencer o pecado?

 Pecado. A grande luta de todo cristão é vencê-lo. Lutamos diariamente, muitas vezes caímos, muitas vezes vencemos para então, no dia seguinte, lutarmos de novo contra ele.
            Como humanos (carnais), somos tentados (e as vezes convencidos) a entender essa luta contra o pecado de forma desigual: lutamos contra algo mais forte que nós.
Porém, não é isso o que a Bíblia nos ensina.
Pense em Jesus: O Homem (e Deus) Perfeito, sem erro, sem mancha, sem pecado. Jesus quando encarnado aqui na terra realizou muitos milagres, maravilhas manifestando de forma incontestável o poder de Deus. Jesus fazia tais coisas porque era o próprio Deus e o Espírito Santo se manifestava plenamente através Dele, testificando que ele era o Filho de Deus (Romanos 1:4).
  Se fosse possível classificar as manifestações de poder que Jesus exerceu na terra, em quais milagres de Jesus você acha que ele exerceu mais poder do Espírito Santo. Cura do cego? Não...talvez a restauração de uma mão atrofiada (mais difícil né)....a cura da sogra de Pedro (só pra constar, Pedro, ao que parece, não agradeceu o Mestre depois)...quem sabe a libertação de uma legião de demônios que atormentava um homem? E Jesus fez isso em poucos segundos... Se bem que Jesus também ressuscitou...e ressuscitou Lázaro depois de 4 dias morto! (já fedia o moço...)
Mas eu creio (caso fosse possível tal classificação) que o evento em que Jesus manifestou a maior carga de poder do Espírito Santo, foi quando ressuscitou a si mesmo depois de 3 dias. Convenhamos...ressuscitar alguém é loucura (e temos o chamado para a loucura santa). Com certeza você já foi em um enterro e pensou na possibilidade de orar pelo morto e, imaginando ele se levantando do caixão, logo desistiu da idéia...imagina o medo (vai que da certo...)! Por que? Porque no fundo, apesar de nossa incredulidade, sabemos ser possível orar e alguém ressuscitar.
Agora, uma coisa é orar para alguém ressuscitar...outra coisa é se ressuscitar! E mais, depois de se ressuscitar, subir ao céu e se assentar a direita do Pai
Mais difícil, não acha?...mais poder...muito mais poder...
Agora leia o que Paulo escreveu para a igreja em Efésios:
“Oro também para que os olhos do coração de vocês sejam iluminados, a fim de que vocês conheçam a esperança para a qual Ele os chamou, as riquezas da gloriosa herança Dele nos santos e a incomparável grandeza do seu poder para conosco, os que cremos, conforme a atuação da sua poderosa força.
Esse poder ele exerceu em Cristo, ressuscitando-os dos mortos e fazendo-o assentar-se à sua direita, nas regiões celestiais...” (Efésios 1:18-20, NVI)

Surpreso? Eu também fiquei quando li com atenção a passagem acima. O poder que Deus disponibilizou para nós, a fim de que cumpramos com a carreira a nós confiada (incluindo vencer o pecado), não foi o poder usado para curar um cego, ou para restaurar uma mão atrofiada.
O poder de Deus em nós (crentes) é o mesmo poder dispensado para Jesus ressuscitar e subir ao céu!
Então, porque as vezes parece tão difícil vencer o pecado?     
O texto de Paulo aos Efésios dá a reposta. Ele diz sobre a incomparável grandeza do seu poder para conosco, os que cremos. Precisamos crer.
Simples assim.
Simples, porém profundo. E, sejamos sinceros, muitas vezes lutamos contra o pecado sem essa fé (“aí que pecado difícil....não agüento.
Porém, a fé é verdadeira se acompanhada de obras. Se sabemos que o Espírito Santo nos fortalece para a carreira cristã, obviamente, precisamos andar nessa fé, que é o que o próprio Paulo chama de viver pelo Espírito.

            “Pois se vocês viverem de acordo com a carne, morrerão; mas, se pelo Espírito fizerem morrer os atos do corpo, viverão...” (Romanos 8:13, NVI)

            “Por isso digo: Vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne.” (Gálatas 5:16, NVI).

            Precisamos crer nesse poder e viver em comunhão com o Espírito Santo (oração, meditação na Palavra, freqüentar uma igreja de forma assídua e obediente, jejum...). Dessa forma, o Espírito Santo terá liberdade para atuar o poder Dele em nós, para tudo o que precisamos, inclusive vencer o pecado.
Agora você entende o porque de ficar mais desanimado, fraco e carnal quando não vai aos cultos, não lê a Bíblia ou não ora?

            Vivamos em Espírito. Busquemos conhecer o Espírito Santo.

Vivamos por Ele e de modo nenhum satisfaremos os desejos da carne.

Um comentário:

  1. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir

 
Copyright 2011 Mergulhando Na Palavra. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates WP by Wpthemescreator